Thursday, February 28, 2013

O primeiro rocambole

Eu sei fazer rocambole salgado!

Pelo menos sabia... tem muito tempo que não faço.

A primeira vez que comi um desses eu ainda morava em Campinas. Um arquiteto que trabalhava comigo que fez e levou para o trabalho... (ai que fome...).

Como eu gostei muito, peguei a receita para fazer em casa. E foi fácil. E ficou bom. E acabou logo.

Fim.

Ahaaa! Peguei vocês! A história não parou por ai. Porque as vezes eu tenho um surto de cozinheira, eu cismo com algumas comidas e fico fazendo e fazendo e fazendo até enjoar do negócio. E o tal rocambole salgado tava em alta na minha cozinha.

Um belo dia, a noite, resolvi repetir a receita.

Fiz a massa, assei, desenformei e deixei enroladinha na pia, esfriando para poder rechear depois. Lembrei que eu tinha que ir na casa da vizinha fazer não sei o que, e já que eu estava ali de bobeira, só esperando a massinha esfriar, achei que era o momento certo para ir até lá.

Só não sabia que, durante a minha ausência, a tal massinha iria sumir.

Visita à vizinha feita, hora de voltar pra casa pra acabar o rocambole (ai que fome...). Entro em casa, troco de roupa, entro na cozinha, recolho o pano de prato que estava caído no chão e ... Opa! Cadê a massa do rocambole que tava enrolada nesse pano???

Pensei que estava ficando louca. Será que eu tinha deixado em outro lugar? Olhei no forno, na geladeira, na bancada... nada de massa.

Alguém entrou aqui em casa e comeu! Num tem outra explicação! Ou entrou uma super barata pela janela e comeu! Ou eu não fiz a massa e achei que fiz! AI-MEO-DEUS-DO-CÉOOO o que aconteceu???

Foi então que eu percebi uma coisa diferente... Quando eu cheguei em casa a minha Tchuca (apresento-lhes abaixo) não veio pular na porta.... é, porque mesmo que eu saísse só por dois minutos, quando eu voltava ela fazia um escândalo e pulava que nem um macaco quando eu abria a porta.


Parece um anjo, né?

Mas isso não aconteceu. Ela estava deitada no sofá e me ignorou completamente. Achei estranho e fui até ela, a bichinha só fazia mexer o olho. Quando passei a mão na barriga dela, estava dura! Era meu rocambole que estava ali dentro. Mastigado e apertado. Eu tive vontade de assar ela no forno e rechear... mas me contive.

No dia seguinte, ainda indignada com o acontecido, resolvi que ia descobrir de qualquer jeito como é que ela tinha feito aquela proeza.

Agora você deve estar ai pensando "Mas que menina estúpida!!! A coisa mais normal que tem é um cachorro pular e pegar as coisas da cozinha". E eu respondo "Sim!!! Desde que seu cachorro não tenha 30 cm de altura!!!".

Porque a pia tinha uns 90 cm de altura, sem contar o portãozinho que separava aquela infeliz da cozinha.


Pra que usar portão se seu cachorro é um macaco?
  
Catei um pedaço de bife e coloquei em cima da pia. Deixei o lugar exatamente como tinha deixado na noite passada (a noite do roubo) e fiquei olhando a infeliz (agora mais leve depois de passar o dia cagando meu rocambole).

Ela olhou o portãozinho, se preparou e pulou. Se agarrou com as patinhas da frente na parte de cima do portão e se jogou pra frente (EU VI!!!). Foi até a cozinha, olhou o fogão, se preparou e pulou. Ela se agarrou com as patas da frente nas grelhas do fogão e conseguiu puxar o resto do corpo para cima. Dali ela já podia caminhar tranquilamente até a pia e roubar a minha comida.

Lógico que eu deixei ela comer o bife. Ela mereceu! E não foi castigada por comer o rocambole também. E esse ela mereceu mais ainda, porque depois de tudo isso ela ainda conseguiu voltar pra sala com a barriga lotada!!!

Essa cachorrinha é o orgulho da mamãe!!!


E esse foi o primeiro (e último) rocambole que a dona Tchuca me roubou. Claro que houve outros roubos, mas rocambole nunca mais!

19 comments:

  1. Owwwwwwn! Tchuca!!! =)
    Curie rouba as coisas também... Ja viu um gato comendo milho? hahaha... ele eh alucinado por milho!
    Podia passar a receita do tal rocambole pras amigues, ne?

    ReplyDelete
    Replies
    1. To com saudade dela... sniffff... daqui duas semanas eu vou vê-la!!!
      To chegando a conclusão que não se pode ter muitos animaizinhos de estimação em casa porque se não a pessoa nunca vai conseguir comer da própria comida! hahahahahahaha... Eles são umas pestes, mas são tão fofossssss!!!!
      A receita do rocambole se foi... acho que junto com o assalto! hahahahaha
      Não sei onde enfiei (olha o pensamento mau)... mas se algum dia eu recuperá-la eu passo pras amigues.
      bjokssssssssss

      Delete
  2. Que amor e ela é danadinha! Gostei de te ler! beijos,chica

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ela é a famosa "bonitinha mas ordinária" hahahahahahaha
      bjokssssssss

      Delete
  3. "Pra que usar portão se seu cachorro é um macaco?" kkkkkkkk
    Se as tchucas são macacos, a Pimenta com certeza é o king kong!
    E não, ela não mereceu esse rocambole, pq se ela tiver merecido, pela mesma lógica a Pimenta mereceria minhas falecidas bonecas, que ela comeu depois de escalar a parede de algum jeito que ainda descobrirei como...

    ReplyDelete
    Replies
    1. Mas é lógico que a Pimentinha mereceu as falecidas bonequinhas!!! Já falei isso pra você!!! Foi merecimento por mérito!!!! hahahahahahahahaha

      Delete
  4. AUhauahuahua nossa, desse tamanho e já fazendo grandes roubos na cozinha? Essa cachorra é esperta demais rs!

    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ela é muito pilantrona, isso sim! hahahahaha
      bjoksssssss

      Delete
  5. Adoro rocambole,de qualquer coisa..passa a receita!!!!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Se eu achar eu juro que passo..rs... Esse era muito bom, no recheio eu lembro que ia alface (era pra comer gelado).
      bjoksss

      Delete
  6. Passei por aqui, gostei do espaço e fiquei.
    Beijo.
    Nita

    ReplyDelete
    Replies
    1. Seja bem vinda!!! E obrigada pela visita.
      bjokssssssss

      Delete
  7. Replies
    1. vou mandar ela pra passar uns tempos com você.. não deixa ela comer o ferreiro!!! hehehehe

      Delete
  8. Oi Lú.
    Fiquei com água na boca só de pensar no rocambole. Pq não postou?
    Nunca comí rocambole salgado! Mas posso te dar a receita de um doce maravilhoso!
    Meus cachorros são super ladrões! No dia do casamento da minha irmã, o Luke comeu uma caixa dos bem casados dela! depois ficou fazendo cocô com lacinho rosa!
    Beijos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ainda bem que vc disse "oi Lu", né criatura! Nem as integrantes do gaiola sabem mais quem é quem!!! hahahahaha
      Faz anos que não faço mais esse rocambole... se algum dia eu achar a receita eu faço e tiro foto!
      Cocô com lacinho foi ótimo ein!!! hahahaha

      Delete
    2. Eike Olívia! =P

      Delete
  9. Aconteceu a mesma coisa aqui em casa. Minha mãe assou um pão durante a noite e no dia seguinte não encontramos nada. Só achamos um cachorro quase que desmaiado no chão que não conseguia nem andar. Só abanava o rabinho, o folgado.
    Hahaha.
    Bjs.
    Elvira

    ReplyDelete
    Replies
    1. hahahaha, Elvira foi assim mesmo!!!!!!!!!!!!!!! Só abanando o rabinho enquanto estava sem condições de se mexer, jogada no sofá!!! hahahahaha

      Delete